Categorias: CoachingPNLPNL CrençasPNL FelicidadePNL Saúde

Dicas Para Passar Bem pela Quarentena

Oi Pessoal, tudo bem? Aqui estão as principais dicas do “AO VIVO” que aconteceu no Instagram no dia 19/03/20

E como eu falei pra vocês nesse dia, o que eu estou sugerindo são coisas que eu realmente faço e percebo resultado. E uma prova disso é a foto desse post – eu pintei esse desenho nesses dias, levei um bom par de horas e depois fui dormir, rsrs. Dito isso, vamos pras nossas dicas:

  • Informação é importante, precisamos saber como nos proteger, como estão os números pra entendermos como o vírus está circulando em nosso país, mas ficar tempo demais em busca de números, prognósticos e quem contraiu ou não a doença gera ansiedade, pânico e sensação de impotência. Então não passe mais do que 10 minutos por dia em busca de notícias desse tipo. E ao terminar de recolher as informações, pare tudo e faça o seu autocentramento, para daí iniciar o seu dia e/ou ter uma noite tranquila de sono.
  • O autocentramento começa por um bom exercício respiratório, já falei dele em outro post, mas não custa recapitular: Encha abdômen e pulmão de ar, contando até 5. Prenda o ar contando até 5, solte, pelo nariz o ar, contando até 5. Deixe os pulmões vazios contando até 5. Repita esse ciclo por 5 vezes (se você tiver dificuldades para contar na inspiração, apenas encha o seu pulmão e abdômen de ar, no tempo que for e siga o restante da contagem) – esse exercício traz mais oxigênio pro organismo, ajuda a concentrar a atenção dentro de você e começa a limpar a mente pra receber uma nova programação de pensamentos e tarefas para seguir.
  • A 1a fase  mais esperançosa, criativa e confiante da nossa vida foi a infância, sendo assim, uma boa dica pra momentos onde precisamos reforçar o aconchego interno ou a motivação é visitando nossas memórias infantis e resgatando uma música pra cada um desses recursos que queremos evocar (aconchego e motivação). Aí depois do exercício respiratório, lançar mão de uma dessas músicas ajuda a tirar o ranço desse momento pesado e virar a chave interna para onde queremos estar.
  • Cantar, dançar, pintar, fazer atividades físicas. Você pode viajar por todas essas modalidades ao longo do dia. Um exercício físico logo pela manhã, desperta o corpo e a mente se temos que trabalhar remoto ou para iniciar os cuidados diários da casa ou se você quer estudar. Aprender um novo ritmo – tem muitas academias de ginástica e escolas de dança disponibilizando material gratuito no YouTube. Uma parada no meio da tarde e outra pra fechar o dia “produtivo” vai manter seu corpo e mente saudáveis. Vai gastar a energia acumulada pela quarentena – evita mau humor e, consequentemente, brigas – se você está dividindo o ambiente com mais alguém ou de sentir o tempo passando arrastado, se você está passando pela quarentena sozinho.
  • Daí fica fácil entender que ter uma rotina em um momento como esse é fundamental – se você está trabalhando/estudando remotamente, ótimo. Acorde, faça esse ritual proposto acima, tome seu banho, seu café e sente para produzir as tarefas do dia. Se você estiver sem uma pauta, sem material para produzir para o trabalho ou escola – busque algo saudável para aprender – vá em sites confiáveis, leia livros. Ou então é a hora de arrumar gavetas e armários, rever documentos. – mantendo pausas saudáveis para cuidar do corpo e da mente
  • Por último, a cereja do bolo: não temos todos que queremos ao nosso redor, a falta de contato físico vai pesando e, se estou sozinha em confinamento, isso pode chegar e se instalar rapidamente. A dica é dê para alguém aquilo que você mais precisa receber: é uma palavra amiga? Ligue pra alguém e seja a palavra amiga, é um momento de descontração, grave um vídeo divertido e mande pra quem acha que pode se beneficiar de um sorriso naquele instante. E se o que você precisa é se sentir amado, aconchegado – faça uma Carta de Gratidão, nada muito grande, o importante é que cada palavra seja realmente sentida – e envie, de preferência, em áudio para a pessoa a quem você é grata(o). Provavelmente há mais de uma pessoa que merece uma carta assim na sua vida. Não faça todas as cartas no mesmo dia. Envie e curta o processo – fazer, enviar e receber o feedback dessa carta/áudio. É uma emoção forte, saudável e curativa para ambos os envolvidos. Faz e depois me conta como foi, pode ser surpreendente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *